4   – Cheque Durante a Rolagem

Inaugurada em 1888, realizava a triagem de estrangeiros recém chegados ao Brasil e os encaminhava ao trabalho. Edifício imponente, bela arquitetura, de extensa área, todo ajardinado, belas árvores frondosas, amplas dependências, adequou-se perfeitamente à nova missão, com inúmeros Departamentos e Laboratórios montados com modernos equipamentos e recursos auxiliares destinados à instrução: hospital, teatro, biblioteca, estação de rádio difusão, alfaiataria, alojamentos, refeitórios e bar.  

Instrução de Motores – No grupo: Evaldo Faria – Artemio Bottene – José Morais – instrutor Bill – Leonel – Dezotti 

Alunos Fleury – Cruz – Adolfo com a Instrutora de Código Morse  

 

 

Instrução de Sistema Elétrico - Instrutor Stokley  e os  Alunos 551-João Gilberto Amaral, 540 - Santos de Oliveira, e Estagiário - 1795 - Alvaro Nardi
 

  Aluno Bottene (à esquerda) no Alojamento  

Grupo de Alunos Controladores de Vôo 
Vista de um dos pavilhões 

Alunos Controladores de Vôo e sua Instrutora 
Defronte ao Pavilhão de Aulas 

Alunos de Motores e sua Instrutora em 
Intervalo de Instrução

Curtindo o Tempo e as Amizades

Alunos no Intervalo da Instrução
Adolfo, Drezza, Fleury, Lencioni e Fatori

Amizades Sinceras – Sonhadores Idealistas
Nazareno Medeiros – 2ª Fila – 3º da direita para a esquerda

 

Aluno 1.149 Q AT MAV Francisco Reynaldo Rodas da 7ª Esquadrilha (Abr 1946)

Equipe de Alunos da Especialidade AT MAV na aula prática de motores. Ingressaram na ETAv em 5 NOV 1945. Entre eles: Francisco Reynaldo Rodas (com a chave na mão) – Francisco Hipólito – Galba Rodolfo de Carvalho

Instrução de Motores – Da esquerda para a direita: 3S Geraldo Bragantine – Cabo E-1946 Severino João de Melo – Aluno 294 José Godinho – Instrutor Mr. Devery
 

 

Aula sobre Sistema Elétrico – Instrutor George F. Schultz – Alunos 530 José Prado de Oliveira (Centro) – 513 Edgar Munis Franco (Esquerda) – 514 Afonso Pacheco (Direita)
 

 

 

Saudade do cinto de guarnição – O Aluno 2360 João Nogueira, ao lado de seu colega de óculos, esclarece:

"Grupo da minha 8ª esquadrilha, provavelmente preparados para entrar de serviço. Em pé: Aluno 2353 Paulo Rodrigues (óculos), do qual nunca mais tive notícias; Aluno 2361 Antonio Benedito de Oliveira, faleceu há cerca de vinte anos; Aluno 2335 Frederico Pimentel, era artista circense, fazia-se de palhaço nos shows das 4ª feiras, com muito sucesso. Dele também não mais tenho notícias. Agachados: embora lembre das pessoas, não mais lembro os nomes”.

 

Bons tempos – João Nogueira sentado à esquerda, curtindo com sua turma um momento de folga: “Vagamente lembro de alguns, sem lembrar os nomes. Grupos se formavam a olho. Normalmente, na frente da Escola (Rua Visconde de Parnaíba), os alunos ficavam paquerando as meninas do bairro, que se aventuravam em ligeiro  'footing' nas folgas do horário de almoço e à noite, quando tinha até música do serviço de alto-falante da própria Escola”.

 

 

Aluno João Nogueira (agachado à esquerda) com seus amigos: “Grupo fotografado na entrada da 8ª Esquadrilha, à qual pertencia. Lembro o nome do segundo em pé – Álvaro Ferreira da Silva –, terceiro em pé – Antonio Benedito de Oliveira –, que eram meus colegas nas aulas da especialidade (RT-TE). Dos outros lembro das fisionomias, não os nomes”.

 

 

Bons amigos – João Nogueira (sem óculos): “Essa foto foi tirada em frente ao Posto Médico da Escola. Recordo -me do companheiro, mas não de seu nome. Lembro-me que sua mãe quando o visitava trazia coisas raras na época: frutas e doces finos de primeira qualidade...Era uma festa".

Trio parada dura ou Trio pronto para a parada? João Nogueira (à direita) esclarece: “Os outros são Guido Dal Sasso e José Bessa, ambos catarinenses. Bessa licenciou-se da FAB nos anos 50, formou-se engenheiro, em Curitiba, e foi alto funcionário do Governo de Santa Catarina, na área de saneamento básico. Nosso último encontro foi por volta de 1978, em Florianópolis. Correspondemo-nos por uns tempos. Ganhei um livro de autoria dele, e não tive mais notícias”.

   

 

Aluno 703 Tarcilio Fontolan (à esquerda) nos apresenta: “o companheiro nada mais é que meu melhor e grande amigo, muito antes do ingresso na ETAv. O nome é Henrique Costa, e a foto foi tirada nos jardins da frente da Escola”.

 

 

Tarcilio Fontolan (à esquerda): “No edifício ao fundo, na parte de baixo, é onde se localizavam as instalações da administração e serviços da ETAv; na parte de cima se localizavam algumas das esquadrilhas, ou seja, os alojamentos dos alunos”.

 

Aluno 703 Tarcilio Fontolan

 

Trabalho de Grupo – Tarcilio Fontolan (primeiro da direita em pé) esclarece: “o pessoal da foto é composto por um Sgt monitor e alunos do Curso Básico de Comunicações. Abaixados, da direita para a esquerda: 1 Newton Jonston, 2 Antonio Cardia, 4 Neves; em pé, na mesma ordem: 6 Eu, 7 Osmar Gatti, 8 Adjalma, 9 Luiz Gonzaga Arruda, e 12 Moura. Foto tirada em frente ao pavilhão do curso, no interior da Escola”.

 

 

Aluno Geraldo Silva Pinheiro Pinheiro com os amigos, durante a folga da instrução

 

Geraldo Silva Pinheiro e sua turma – Era só alegria

Aluno Euclides Mantagnini e seus colegas de especialidade em motores e o Instrutor Bill (à esquerda)

Euclides Mantagnini com um grupo de saudosos companheiros e amigos para sempre

 

 Para imprimir

 Voltar

 Seguir